Gestão atual

Se a concepção que orienta as ações de assessoramento, educação, defesa de direitos humanos do Centro Dom José Brandão de Castro é forjada na organização coletiva, a forma como ele se estrutura internamente não poderia ser diferente. De modelo associativo, o Centro Dom José Brandão de Castro tem em seu quadro de associados e associadas prioritariamente trabalhadores/as da terra (70%) e indivíduos cujas trajetórias demonstrem compromisso e envolvimento com a luta dos/as trabalhadores/as rurais (30%). 

Atualmente o CDJBC conta com 37 associados/as efetivos/as, 01 associada especial e 04 associados/as colaboradores/as, que representam a instância máxima de deliberação da instituição: a Assembleia Geral. Convocada anualmente para aprofundar estudos e reflexões, planejar as ações da instituição e avaliar sua atuação política e financeira, a assembleia geral também tem a responsabilidade de modificar o estatuto da organização e eleger os Conselhos Deliberativo e Fiscal e a Secretaria Executiva, que representa legalmente a organização.

O Conselho Deliberativo é a instância de direção e representação da Instituição, responsável por encaminhar as decisões da Assembleia Geral e escolher a pessoa que será o/a Secretário/a Executivo/a, representando oficialmente o CDJBC em seu dia a dia. Já o Conselho Fiscal, é um órgão independente, tendo por função, fiscalizar as contas do CDJBC, emitir parecer sobre o Balanço e a previsão orçamentária e opinar sobre aquisição e venda de móveis e imóveis. Portanto, é instância de grande importância na entidade para assegurar o bom desenvolvimento da mesma, o seu compromisso e fidelidade para com sua Missão.

A Secretaria Executiva conta com o apoio da Coordenação de Programas e Projetos que contribui na tomada de decisões de forma colegiada, dando suporte no desenvolvimento das deliberações institucionais, dos projetos em execução, bem como, na elaboração de novos projetos, relatórios e outros documentos que se façam necessários para o bom desempenho do CDJBC, representando ainda, a instituição em espaços de participação e controle social.

Pelos Conselhos Deliberativo e Fiscal do CDJBC já passaram diversos/as trabalhadores/as rurais, técnicos e militantes da defesa da terra, da educação popular e dos direitos humanos que deixaram suas contribuições para a construção desta organização e para a luta por um modelo de sociedade com equidade e justiça social. 


Conheça agora quem faz a atual gestão do CDJBC: 

Conselho Deliberativo:

Maria Madalena de Santana – Coordenadora

Adilson Paixão dos Santos – Vice Coordenador

Vanistelia Santos – 1ª Tesoureira)

Adalzina Santos Feitosa – 2ª Tesoureira

Cristiane Alves Rodrigues Santana – 1ª Secretária

Maria Gizelia Ferreira – 2ª Secretária;

Conselho Fiscal:

Maria Luzinete Doria Silva, Rozileide Santana e Josefa Santos de Jesus (Titulares) e Manoel Luiz Pereira e Francisco de Assis dos Santos (Suplentes). 

Secretaria Executiva:

Gildo Alves de Oliveira – Secretário Executivo

Coordenação de Programas:

Alex Federle do Nascimento

Angélica de Fátima Melo Gonçalves

Carlos Alberto Santos

Helison Santos Macedo

João Alexandre de Freitas Neto

Joilda Menezes de Aquino Eloi

José Antônio Rodrigues