Mudanças Climáticas: Articuladora do Selo UNICEF de Araçuaí participa da COP-27

0
28

Debates inspiradores e representatividade de jovens marcam a experiência da articuladora do Selo UNICEF do município do Norte de Minas Gerais na COP-27

Experiência singular e emocionante foi vivida pela articuladora e fonoaudióloga Aline Carmona durante participação na COP-27, evento realizado no Egito entre os dias 6 e 18 de novembro. A integrante da equipe municipal do Selo UNICEF 2021-2024 em Araçuaí, localizado no Norte de Minas Gerais na região do Vale do Jequitinhonha, volta para casa com ideias e propostas práticas sobre mudanças climáticas e destaca protagonismo dos adolescentes na educação ambiental.

“Nunca tinha participado de um evento tão grande. Literalmente, o mundo se reúne para discutir a realidade de cada participante, refletir e propor soluções de avanço nas relações diplomáticas e na busca por uma melhor relação com o meio ambiente, a fim de minimizar as mudanças climáticas”, reflete Aline que também discursou no pavilhão dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Na oportunidade, expliquei que sou articuladora do Selo UNICEF em Araçuaí. Falei, também, que os jovens passam a ter papel protagonista na mudança de cultura, pois são muito mais espertos com as ferramentas tecnológicas e, se forem devidamente capacitados, podem promover a mudança para melhoria dos microecossistemas familiares que afetam positivamente o ecossistema local”, afirma.

Diversidade e representatividade de jovens no evento foi um fator marcante para Aline. “Percebi uma maioria de fisionomia feminina, diversidade nos tons de pele, cabelos, vestimentas e posturas, mas uma forte unidade de desejo de respeito, liberdade e oportunidade de desenvolvimento com dignidade. Questionaram o direito das crianças vítimas de guerra de estudar, convivência familiar e comunitária. Os que estavam lá eram verdadeiras lideranças argumentativas, organizadas e propositivas”, concluiu.

Mudanças Climáticas e o Selo UNICEF

As preocupações em torno das questões ambientais têm gerado mobilização e engajamento nos municípios participantes do Selo UNICEF. Promover a mitigação dos riscos e impactos das mudanças climáticas sobre as crianças e adolescentes é um dos temas indicados pela metodologia a serem abordados nas ações realizadas pelos Núcleos de Cidadania de Adolescentes (NUCAs) ao longo de toda a edição, que segue até 2024.  

Para mais informações sobre o tema, acesse o Guia de Participação Cidadã de Adolescentes. O documento contextualiza o assunto dentro da metodologia do Selo UNICEF, aponta propostas de ações e apresenta dicas de materiais, sites e perfis educativos que servem como referência sobre o assunto.

Araçuaí do Futuro em busca dos ODS

A intensa organização de adolescentes em torno do Selo UNICEF em Araçuaí rendeu a criação de dois NUCAS no município: um na zona rural e outro na zona urbana. Desde agosto deste ano, os meninos e meninas estão realizando em parceria com as escolas, o projeto “Araçuaí do Futuro em busca dos ODS”, como uma maneira de fortalecer, sensibilizar e promover a discussão sobre o tema.

Com a sua participação na COP-27, Aline acredita que pode agregar ainda mais ao Selo UNICEF, especialmente com ideias e propostas para mitigação dos impactos das mudanças climáticas. “O protagonismo dos adolescentes na educação ambiental dentro de seu universo familiar, poderá promover uma mudança significativa da cultura de queima de vegetação para plantio, na produção e destinação do lixo”, afirma a articuladora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui